Caritas Índia premiada como melhor ONG 2020 pelo trabalho durante pandemia

6 de outubro de 2020

Fundada em 1962, em quase seis décadas de trabalho e dedicação a Caritas Índia deu uma contribuição significativa para a construção do país, apoiando 22.945 projetos num total de 13,73 mil milhões de rúpias, o equivalente a cerca de 151 milhões de euros. Um compromisso que ultrapassa a beneficência e que vê a organização ativamente comprometida na promoção humana das categorias sociais mais desfavorecidas da sociedade indiana: mulheres, dalits, tribais e pobres.
Vatican News

Por ter estado na linha de frente desde o início da pandemia de Covid-19, auxiliando os mais marginalizados e vulneráveis ​​e conduzindo campanhas de prevenção e informação abrangentes, a Caritas Índia foi designada pelo governo indiano com o “Healthgiri Awards 2020” como a melhor organização não governamental de 2020 no setor da saúde. A informação é da Agência UCA News.

O prêmio, uma reedição do prestigiado “Safagiri Award” – um reconhecimento atribuído todos os anos por ocasião da festa do nascimento de Mahatma Ghandi e que este ano foi dedicado à emergência sanitária – foi entregue no dia 2 de outubro pelo Ministro da Saúde da Índia, Harsh Vardhan, ao diretor da organização de caridade católica, padre Paul Moonjely.

“A força institucional da Igreja como organização humanitária ajudou-nos a colaborar e a chegar à última milha com o apoio extraordinário dos nossos dirigentes”, disse o sacerdote na cerimônia de entrega do prêmio, que quis dedicar àqueles que definiu como os “guerreiros contra a Covid”, os trabalhadores da saúde e todos os voluntários que se empenharam ao máximo nas diferentes partes do país.

“Ser informados, treinados, avisados, conectados e compassivos”: estas – explicou o Padre Moonjely – são as palavras de ordem das intervenções de solidariedade da Caritas Índia nestes meses de emergência em um dos países mais afetados pela pandemia.

Por meio de seus colaboradores e parceiros, a organização tem atuado em quatro grandes áreas: ajuda alimentar; saúde, higiene e descontaminação; apoio psicossocial e conscientização.

Ilustrando as várias iniciativas, o diretor da organização destacou a importância de fazer chegar a mensagem de que “a Igreja Católica se colocou totalmente ao serviço das pessoas, inspirada pela sua fé”.

Fundada em 1962, em quase seis décadas de trabalho e dedicação a Caritas Índia deu uma contribuição significativa para a construção do país, apoiando 22.945 projetos num total de 13,73 mil milhões de rúpias, o equivalente a cerca de 151 milhões de euros. Um compromisso que hoje vai além da beneficência e que vê a organização ativamente comprometida na promoção humana das categorias sociais mais desfavorecidas da sociedade indiana: mulheres, dalits, tribais e pobres.

Fonte: Vatican News Service – LZ
Foto: Crianças na fila para receber comida em Nova Déhli (AFP or licensors)

FacebookWhatsAppTwitter