No dia 11 de junho do corrente ano, comemoramos o Dia da Diocese, e celebrou-se também a Solenidade da Santíssima Trindade. Na Catedral Diocesana em Itabira o Bispo Diocesano Dom Marco Aurélio celebrou esta solenidade juntamente ao povo, estavam presentes nesta celebração o pároco da Paroquia Nossa Senhora da Penha (Pe. Ueliton) e o pároco da Catedral (Pe. Marcio), a comunidade do Propedêutico e o seminarista Ludugerio. Nesta celebração ocorreu o lançamento do Brasão Diocesano feito pelo Assessor Diocesano de Comunicação.

Antes de iniciar sua homilia o Bispo convidou a todos presentes que se ajoelha sem para que se coloca sem diante do mistério da Santíssima Trindade, disse também que isto só era possível no silêncio e na adoração como fez Moisés se prostrou – se e orou ao Deus verdadeiro.

Em sua homilia, Dom Marco Aurélio, ressaltou que nós não devemos confundir – nos oque estamos celebrando, nos não estamos celebrando hoje a tentativa humana de se dar a explicação sobre oque é Deus. O Papa emérito Bento XVI muito bem afirmava. de que nos não cremos numa doutrina, mais aderimos a alguém, a nossa adesão é a alguém, e Moisés hoje no texto da primeira leitura nos deu um testemunho que nos ajudou a meditar sobre como deve ser a nossa relação com este Deus, ele se coloca diante do Senhor o chama insistentemente,o elogia o louva pela sua misericórdia sem medo, sem dar voltas, a sua oração é uma oração sincera ele se sente próximo e diz ao Senhor ” Se é realmente o nosso Deus eu te peço caminha conosco” , eu reconheço que somos um povo de cabeça dura, mais o Senhor há de nos perdoar. Então nos temos aqui um testemunho de uma profunda experiência de Deus, Moisés sobe a montanha, Deus desce do céu porque ele é o Deus do encontro, e não tem jeito de vivermos a nossa fé em Deus se nos não fizermos este encontro por isso o silêncio antes de fala sobre Deus, é para que tenhamos a oportunidade de senti – ló em nosso coração, não podemos pensar que seja possível outra forma de nos relacionar com o Deus uno e trino fazendo a experiencia dele estar ao nosso lado.

No momento da Ação de Graças o Bispo Diocesano rezou juntamente a todos pedindo ” Pai de bondade caminha conosco nos somos seres pecadores, mais nos precisamos de sua presença amorosa, providente, misericordiosa junto de cada uma da suas comunidades, de cada ministro consagrado Bispos, Padres, Diáconos. Senhor nós ministros consagrados não damos conta do serviço do pastoreiro da vossa messe, sem carinho, sem a presença do seu auxilio tantos irmãos e irmãs leigas se isolam dos vários ministérios da vossa Igreja, nos vos bendizemos senhor por estes nossos irmãos , que o senhor suscite no coração para que eles acolham um ministério de vossa Igreja Senhor, caminha conosco Senhor. Amém “.

Antes da Benção final o Padre Ueliton responsável pelo Setor de Comunicação Diocesana apresenta a todos presentes e ao Bispo Diocesano o Brasão da Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano explicando o seu significado.

Departamento de Comunicação