Seminaristas do Seminário Diocesano São José são instituído no Ministério de Acólito e admitidos às Ordens Sacras

9 de dezembro de 2019

Por ocasião do encerramento do ano formativo, o último domingo, 8 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição, foi marcante para o Seminário São José, pois alguns dos seminaristas da Diocese de Itabira – Coronel Fabriciano deram passos significativos no processo vocacional.

Durante a celebração eucarística presidida pelo bispo diocesano Dom Marco Aurélio Gubiotti na Igreja Matriz da Paróquia de Santana, o seminarista Francis Regis Almeida, foi instituído no Ministério de Acólito e os seminaristas Fernando Moreira Nunes Souza, Luciano Timóteo da Silva e Willian Moreira Paulino foram admitidos às ordens sacras.

A admissão às ordens sacras é o primeiro passo concreto em direção ao sacerdócio, nele a Igreja reconhece e acolhe oficialmente o seminarista como candidato ao presbiterado e, por sua vez, o seminarista se compromete publicamente em receber com docilidade a formação necessária para o futuro ministério sacerdotal. Já a instituição do Ministério do Acolitato, o seminarista é chamado à auxiliar o altar de modo a servi-lo como ministro extraordinário da Sagrada Comunhão.

Antes do encerramento da Missa, Dom Marco Aurélio Gubiotti, convidou ao altar Márcio Rodrigo Mota e Gustavo Alves da Silva, seminaristas que encerraram seus estudos em Teologia neste ano, e anunciou que a partir de janeiro até 25 de julho, data da Ordenação Diaconal, ambos realizarão o processo de síntese, um período de configuração e de preparação para a vivência do diaconado. Neste tempo, serão desenvolvidas várias atividades vinculadas à administração, pastoral, espiritualidade na dimensão ativa na paróquia, ou seja, nessa experiência os seminaristas se dedicarão à Paróquia em tempo integral, não somente nos fins de semana como de costume.
Vale ressaltar que esta etapa de síntese vocacional se fundamenta no documento Ratio Fundamentalis e no documento 110 da CNBB, e já é realizada em outras dioceses do país. Em nossa Diocese de Itabira – Coronel Fabriciano, o processo de síntese terá início no próximo mês de janeiro.

Fotos: Agência Parábola

FacebookWhatsAppTwitter